Sobre alguns baralhos de tarot

Faze o que tu queres há de ser tudo da Lei

Ei pessoal, vim aqui expor uma dúvida que me ocorreu.
Em uma questão que expus aqui no fórum, foi recomendado que eu começasse a estudar alguns meios de divinação, exemplo o Tarot.
Eu já tenho em posse um tarot de Marselha, foi o que pude comprar levando em consideração a situação monetária. Realmente gosto dele o baralho me atende bem, mas uma dúvida que me aflige nesse momento é sobre o livro do Crowley e o seu Tarot.
Vocês recomendam a compra do Tarot do Crowley para qualquer estudante dos seus textos e livros, a compra pode ser vista como algo opcional, ou é sim indicado ter mais de um baralho para estudo?

  • Alguém tem conhecimento sobre o tarot de Kier, sabem me falar se ele é legal para um estudante?

Amor é a Lei , Amor Sob Vontade

93!

Olha, eu diria pra você fazer o melhor que puder com o que você tem, e quando puder, se quiser, adquira o Tarô de Crowley, que além de ser primoroso é alinhado com as mudanças que o próprio Crowley interpretou como necessárias segundo o Liber Al Vel Legis, se é que você concorda com essas mudanças.

Mas na real tarô é tarô. O que muda no tarô de Thoth são algumas poucas correspondências e o nome de algumas cartas, mas o tarô já existia muito antes dessas mudanças e funcionava muito bem, as cartas de todos os tarôs que eu conheço são praticamente as mesmas e todas são extremamente ricas em simbologia e significado. O Tarô de Kier, inclusive, aliás eu tive a oportunidade de vê-lo apenas uma vez e achei belíssimo, com desenhos egípcios e letras hebraicas, muito bacana.

Com relação a ter mais de um deck não vejo problema, mas também não vejo necessidade. Tem gente que é apaixonada e tem vários; há quem tenha um só e isso baste.

93,93/93