Arcanum arcanorum e Astrum Argentum

93!
Olá. Existe uma suposta ordem aí pela internet que utiliza as siglas A.'.A.'.,porém chama-se Arcanum Arcanorum. Esta ordem é liderada por um tal Marcelo Del debio.
Ao fazer uma pesquisa no ocultura sobre a Astrum Argentum percebi que ela também é chamada de Arcanum Arcanorum, porém os graus desta são diferentes da A.'.A do Crowley e obviamente não se trata da mesma coisa.Sei que o Ocultura liberou o acesso para que os usuários editem o site, o que ao meu ver tira um pouco a credibilidade do mesmo.

Concluo com as seguintes questões?

1-Arcanum Arcanorum é realmente um outro nome oficial para Astrum Argentum, assim como Estrela de Prata ou Astrum Argon?

2-O Marcelo Del debbio seria um charlatão utilizando a sigla de uma ordem antiga para atrair seguidores para sua nova corrente?

3- Teria um de seus seguidores, ou ele mesmo, editado a página da Ocultura para confundir os verdadeiros interessados.

Creio que estas questões são de extrema importância.Já é difícil aceitar a magia como ciência devido a tanto charlatanismo.

1 curtida

Eu vou tentar ser o menos babaca possível. Imagine que um acadêmico, pesquisador, doutor, fizesse uma extensa pesquisa etimológica e descobrisse que a palavra "banco" na verdade tem origem no termo "o que existe na praça". Após a leitura desse artigo você pensaria "bom, dentro dessa definição, arvore, mendigos, concreto, bancas de jornal, jovens, tudo isso pode ser chamado de "banco" uma vez que todos esses itens "existem em uma praça"".

É isso que o del debbio fez. Ninguém pode revindicar que ele não pode chamar a ordem dele de "A.'.A" por que "A.'A" é um termo genérico pra definir uma fraternidade que existe no astral a milhares de anos, entretanto o Del Debbio induz seus seguidores ao erro. Se você criar um refrigerante chamado "Coba cola - refrigerante de cola" quimicanemente pode estar correto, mas no fundo, pra bom entendedor, induzir alguém a comprar coba cola, quando quer comprar coca cola, é simplesmente uma atitude babaca.

Não tenho como entrar no mérito da Arcanum Arcanorum por que eu não pertenço a ela, entretanto a utilização das siglas, de cara já denota uma certa má fé. Ele podia chamar a ordem dele de QUALQUER COISA, mas escolheu um nome que causa dúvida, confusão, duplicidade, etc. Por mais que conceitualmente eu possa fundar uma ordem chamada A.'.A e foda-se. quem vai dizer que eu não estou ligado aos "mestres ocultos" se chama má fé, induzir gente principalmente muito iniciante e verde no rolê mágco, a ter esse tipo de dúvida.

Astrum Argentum é uma fraternidade de evolução espiritual que utiliza um método que pode ser rastreado e lastreado até Aleister Crowley. Arcanum Arcanorum é uma coisa que o Marcelo Del Debio inventou que tem umas salpicadas de chaos, thelema, e umbanda.

Ninguém tem como dizer que a Arcanum Arcanorum não é a verdadeira materialização da grande fraternidade branca, mas pra bom entendedor e estudioso, um pouquinho de história basta.

1 curtida

Se observarmos, (historicamente) isso vem acontecendo dezenas de vezes ao longo de toda a existência da A∴A∴, e, mesmo tentando ao máximo ser imparcial e não inquiridor, basta olharmos os frutos da Sacra Ordem e dessa que fora criada tentando ser espelho da Primeira. Ao observarmos o "currículo" do rapaz, o famosinho das mídias sociais, o queridinho "Frater" dos estudantes de ocultismo pela internet, podemos observar no mínimo, no mínimo um egocentrismo absurdo, gerando uma megalomania que arrebata a multidão de algumas poucas centenas de seguidores do mesmo. Isso me lembrou um trecho do Equinócio que diz assim, na página 10 de seu Editorial:
"Os Irmãos da A∴A∴ puseram os seus rostos contra todo charlatanismo, seja de milagreiro ou obscurantismo; e todas as pessoas que procuraram a fama ou a riqueza utilizando-se desses meios podem esperar exposição cruel, tanto de sua vaidade quanto de sua desonestidade; pois por nenhum meio mais gentil eles podem ser ensinados".

1 curtida

Também já me perguntei isso.

Fui pesquisar e vi que é só mais um cara querendo ganhar grana com assuntos do "oculto" misturando toda ordem de assuntos que geralmente atraem público, não é grande coisa, um verdadeiro iniciado não estaria por ai se importando com essas besteiras, mas sim atrás de realizar grandes obras, uma vez que Crowley e seus verdadeiros fraters morreram em estado de penúria mas com um conhecimento que abalaria as estruturas do mundo como ele é visto hoje.

Vocês acreditam que o material apresentado pelo deldebbio tenha alguma utilidade?

Eu digo isso porque considero o trabalho do mesmo como um contato inicial, ao menos foi pra mim. Ele faz a recepção para quem quer começar a trilhar o caminho e, obviamente, utiliza do marketing para tal.

Eu conheço a Arcanum arcanorum e o trabalho por eles realizado é sério.

A primeira vez que vi a arcanum arcanorum achei que se tratasse de alguma linhagem da astrum argentum mas depois que vi que era outra coisa nada a ver com a AA.

93! Olá. Existe uma suposta ordem aí pela internet que utiliza as siglas A.'.A.'.,porém chama-se Arcanum Arcanorum. Esta ordem é liderada por um tal Marcelo Del debio. Ao fazer uma pesquisa no ocultura sobre a Astrum Argentum percebi que ela também é chamada de Arcanum Arcanorum, porém os graus desta são diferentes da A.'.A do Crowley e obviamente não se trata da mesma coisa.Sei que o Ocultura liberou o acesso para que os usuários editem o site, o que ao meu ver tira um pouco a credibilidade do mesmo.
Concluo com as seguintes questões?
1-Arcanum Arcanorum é realmente um outro nome oficial para Astrum Argentum, assim como Estrela de Prata ou Astrum Argon?
2-O Marcelo Del debbio seria um charlatão utilizando a sigla de uma ordem antiga para atrair seguidores para sua nova corrente?
3- Teria um de seus seguidores, ou ele mesmo, editado a página da Ocultura para confundir os verdadeiros interessados.
Creio que estas questões são de extrema importância.Já é difícil aceitar a magia como ciência devido a tanto charlatanismo.

Olá, Hadarquimedes, 93!
Aproveitamos para corrigir algumas informações erradas, mistificações e erros grosseiros que foram feitos nos comentários.
1 - Não. Não há nenhuma ligação nem com o "Alcoólicos Anônimos" nem com o "Astrum Argentum". Quando o Arcanum Arcanorum foi fundado, em 2004, tinhamos entre nossos membros Thelemitas (incluindo os fundadores das ARLS Aleister Crowley e ARLS Thelema, Lojas Maçônicas focadas no estudo da Thelema), porém também haviam muitos umbandistas, membros do Colégio de Magia fundado por Rubens Saraceni, haviam Satanistas (Adriano Camargo monteiro), Alquimistas, Rosacruzes, Martinistas e membros de diversas ordens filosóficas. No período de 2004 a 2008, a ARLS Madras e seu núcleo de estudos e pesquisas de ocultismo contou entre seus membros com pessoas como Wagner Veneziani (editor chefe da editora Madras), Alexandre Cumino (Umbanda), Rubens Saraceni (Umbanda Sagrada), Johhny de Carli (Reiki), Cláudio Roque Buono Ferreira (Grão Mestre do GOB), Sérgio Pacca (OTO, Thelemita e fundador da ARLS Aleister Crowley), Mario Sérgio Nunes da Costa (Grão Mestre Templário), Adriano Camargo Monteiro (LHP, Dragon Rouge), José Aleixo Vieira (Grande Secretário de Ritualística maçônica), Severino Sena (Ogan), Waldir Persona (Umbanda e Candomblé), Carlos Brasilio Conte (Teosofia), Alfonso Odrizola (Umbanda, diretor da Tv espiritualista), Ari Barbosa e Cláudio Yokoyama (Magia Divina),Marco Antônio “Xuxa” (Martinismo), Atila Fayão (Cabalá Judaica), César Mingardi (Rito de York), Diamantino Trindade (Umbanda), Carlos Guardado (Ordem da Marca), Sérgio Grosso (CBCS), entre diversos outros experts em áreas de hermetismo e ocultismo. Junte todos estes estudiosos em reuniões quinzenais onde um deles apresentava uma palestra sobre um tema ocultista e os outros podiam questionar e debater sobre o assunto proposto com seus pontos de vista e você começará a ter uma idéia do que é o Arcanum Arcanorum e o que isso representou em termos de avanço do conhecimento sobre ocultismo no Brasil.
O nome foi escolhido de comum acordo entre todos os membros, pois Arcanum Arcanorum nada mais é do que o local onde se guarda a Arca da Aliança. Então corrigindo sua primeira informação, não é uma "suposta" ordem; é uma Ordem que já existe ha pelo menos 12 anos, que conta com Loja Maçônica, Capítulo Demolay, Távola, Alguns Terreiros e pela qual já passaram mais de 7.000 pessoas, tendo atualmente em torno de 500 membros ativos.
Também não é "liderada" pelo Marcelo Del Debbio, ele é apenas um dos 22 membros fundadores e um dos membros mais "famosos" (e famoso para os profanos, visto que contamos com grãos mestres de ordens templárias, maçônicas, líderes umbandistas e cabalistas que são "famosos" em suas respectivas áreas de atuação. Marcelo Del Debbio foi Venerável Mestre no período de 2014-2015, tendo sido sucedido por Douglas Marinheiro 2015-2016e atualmente nosso Venerável Mestre é Antônio Carlos Dobrowsky.
2 - O fato de ser famoso é apenas reflexo da realização da Grande Obra e reconhecimento de seus pares. Tendo mais de 60 livros publicados e 250.000 exemplares vendidos, sendo duas obras, "Arkanun" e "Trevas" votados como os melhores livros de RPG brasileiros de todos os tempos, e a "Enciclopedia de Mitologia" uma das maiores obras em língua portuguesa sobre Mitologia Comparada, da cursos de História da Arte e simbolismo desde 2007; possui um blog desde 2006, atualmente com mais de 2.900 textos sobre alquimia, hermetismo, maçonaria, thelema, umbanda e simbolismo, cuja visitação diária ultrapassa 10.000 pessoas. Já foi Grande Marechal Adjunto da Ordem Templária no Brasil, Venerável Mestre de Loja Maçônica e fundador de duas lojas maçônicas de cunho thelemita. É atualmente uma das maiores e mais importantes referências em simbolismo, hermetismo e ordens iniciáticas no Brasil. Obviamente muitas pessoas o conhecem...
Mais sobre o Arcanum Arcanorum pode ser lido aqui:
http://www.deldebbio.com.br/2014/08/13/afinal-de-contas-o-que-torna-o-tdc-especial/

Sobre o Marcelo Del Debbio
http://www.deldebbio.com.br/about/
Como bem disse Crowley, "Sucesso é tua prova".

93!

Não sei se charlatão é a palavra correta, mas certamente alguém que gosta muito de aparecer e se vangloriar de títulos. Auto-denominar-se "uma das maiores e mais importantes referências em simbolismo, hermetismo e ordens iniciáticas no Brasil" é pedante.

Muitos dedos apontando defeitos e problemas e etc. Muita preocupação com o outro e pouca preocupação com a realização da Grande Obra pessoal.

Vejo a A.A. como outras Ordens que não procuram membros, as pessoas que vão atrás, então se não é bom pra você a Astrum Argentum está ai, a O.T.O, a maçonaria e etc.

P.P.

1 curtida

Caro pegas, no tópico foi perguntado quais eram as impressões sobre o "mestre" e essa organização, ninguém está preocupado com o outro como você interpreta, estamos preocupados com a verdade, pois ao seguir o caminho de um falso profeta, todos podemos acabar queimados como no monte carmelo. Mas se ele é o messias, a reencarnação de Crowley devemos investigar para quem sabe segui-lo talvez.

Acho que o debate central aqui é que "vender magia" me parece incompatível com realizar a grande obra, afinal os grandes mestres são aqueles movidos por propósitos de liberdade e não de aprisionamento e dependência.A maioria passou por momentos de extremo sofrimento neste caminho, justamente porque estava a procura da verdade. Acho complicado quando ordens iniciáticas e "mestres" se tornam balcão de negócios, quando transformam o conhecimento em business, pois a partir dai ele se torna extremamente duvidoso. "Magia" deveria ser auto-evolução, não uma profissão que vise lucros.

Joaquim, é apenas um jogo de palavras.

Magia não se vende. Inclusive poderia tudo ser dado e disponibilizado de graça, mas continuaria sendo apenas informação sem utilidade, uma vez que não é o acesso a um livro ou palestra que torne ninguem um sábio. Isso vem do trabalho perseverante e constante.

Acho lindo esse tipo de argumento, da santa proteção a magia, que não pode ser vendida e etc, no entanto quem tem o conhecimento (ou acha que tem) o guarda para si a sete chaves e não compartilha com ninguem.

Conhecimento de kabalah por exemplo serve muito mais para criticar o outro e "ganhar" debates em fórum do que aplicação prática ou compartilhamento com os buscadores.

Em resumo, se fala muito bonito, a teoria é linda mas a comunidade "mágica" é composta por muita gente que se julga iluminada mas não ajuda ninguém com essa iluminação.

3

1 curtida

Então. Acho que vocês estão confundindo algumas coisas. Pelo que eu sei a Arcanum Arcanorum não cobra mensalidades nem outras taxas. É necessário entender que Arcanum Arcanorum não é a mesma coisa que EADeptos. Então não faz sentido falar que eles vendem a magia.

Mas e dai que não cobra? Vamos esquecer a má fé do nome? Vamos esquecer que para falar sobre a ordem que pertence essa figurinha ai fez questão de citar uma extensa lista de seus participantes? Se isso não é vaidade extremada (que toma o lugar de meramente responder as questões aqui levantadas) não sei mais o que é.

Só por que eu gosto de uma treta gigante.

Comentário dos defensores do Sr. MDD sobre como aqui só tem retardado =x

ht tps://postim g.org/image/hfvg 7207b/

Beleza então, trabalho sério!

Ah, o teu link tem uns espaços
https://postimg.org/image/hfvg7207b/

Só tem retardado é?!... Beleza, então.

Aos "juízes do mundo" a responsabilidade de julgá-lo, que arquem com a mesma.

Aos Buscadores a tarefa de Buscar. Não há Lei senão "faz o que tu queres".

Este tópico está virando uma flamewar e está sendo encerrado. Ambos os lados já expuseram suas opiniões e acredito que não haverá solução para o impasse. O comentário do Del Debbio em seu blog foi feito em um momento de irritação que envolveu outros acontecimentos e já foi removido.