Dúvida sobre escrito em "Uma Análise do Ritual Menor do Pentagrama"

93
Prezados,

sobre as interessantíssimas instruções dadas pela Soror Meral em “Uma Análise do Ritual Menor do Pentagrama” publicado originalmente na revista In The Continuum , Vol. 1 Nº 1, em determinado momento é dito:

O processo de fazer um caderno de anotações o envolve em uma situação de verdadeiro aprendizado. Além disso, lembre-se (e isso não pode ser enfatizado mais fortemente) de que é absolutamente necessário ter todas as correspondências principais de cada Esfera e Caminho da Árvore da Vida de cor antes de tentar práticas Mágicas ou de Ascenção nos Planos. Falhar nisto o expõe a situações muito perigosas.

Fiquei com dúvida sobre o que poderiam ser essas “situações muito perigosas” caso não tenha memorizado todas as correspondências de determinada Sephirah, e o que a Soror estaria atribuindo às mencionadas “práticas Mágicas” e “Ascenção nos Planos” - se seria aquele descrito em Liber O. Digo, há risco em, por exemplo, realizar uma viagem pelo tattwa sem saber os sinais dos graus e todas as correspondências ? Ou então uma simples projeção ou meditação poderia restar comprometida caso não tenha memorizado todas as correspondências, poderei sofrer ataques das criaturas daquele plano? E até onde se estenderia tal ataque/dano/risco?

Obrigado pela atenção desde já, caso alguém puder contribuir para o assunto ficaria imensamente agradecido.

93.93/93

Muitas pessoas têm essas experiências de maneira espontânea, porém nunca estudaram Cabala e nem nada do gênero. Acho que o problema é que se você não tem um alfabeto mágico internalizado, você não tem condições de escolher para onde ir, e chegando lá, não sabe dizer se é o local desejado, e se os habitantes correspondem ao plano ou se são intrusos. Você não é capaz de criticar a experiência, e pode querer aceitar qualquer mensagem recebida de uma entidade sem verificação. Bom senso já ajuda muito.

Lembro do caso do John Dee: ele recebia uma informação de um anjo hoje. Dois dias depois, chegava outro anjo, dizendo que o que o primeiro disse era falso, e que ele era maligno. Qual dos dois anjos estava correto? Como validar isso? E se eu aplicar a técnica errada, quais são as consequências?