O caminho e a Ânsia de chegar!

Faz o que tú queres! Será o todo da Lei!

93!

Muitos chegam na Astrum Argentum cegos e cegos permanecem, ao serem recebidos lhe são passados um cabedal de instruções, livros em sua maioria de leitura complexa e espera-se que se cumpra o pedido, ler e estudar, mas muitos apenas querem ser Probacionistas, antes de serem estudantes.

O caminho da Santa Ordem, é feito de ordálias a serem cumpridas, e cegos pelo poder a maioria dos estudantes não se atenta a isso, seja por ignorância ou por falta de aviso do instrutor.

Imagine um caminho, onde tudo se começa com o primeiro passo, assim então o buscador começa, e ao andar, só se preocupa em chegar no destino. A ansiedade toma conta do mesmo e ele então começa a olhar somente para o ponto onde é seu destino, e neste caminho, o chegar no destino não é o objetivo final e sim observar o caminho, viver o mesmo e mudar a si mesmo.

Heráclito de Éfeso já sentenciou:

  • Nenhum homem pode banhar-se duas vezes no mesmo rio… pois na segunda vez o rio já não é o mesmo , nem tão pouco o homem!

Neste caminho há pedras e espinhos e em muitas vezes o buscador tem que limpar o redor para passar adiante.
O ponto principal é: Por que o buscador age assim?

Pela unica e simples razão de vivermos numa época onde tudo é muito rápido, temos computadores rápidos, noticias instantâneas e somos bombardeados de informações diárias. Vivemos a geração Todinho, sacudiu, colocou o canudinho e bebeu.

Somado a problemas pessoais e coisas mal resolvidas na vida, o ser humano é constantemente bombardeado em sua mente, e aí está o pulo do gato.

Ansiedade é o produto final, onde o buscador aspira algo que não sabe, mas é impulsionado por uma “vontade” um “desejo” inexplicável, ele somente quer chegar lá!

A palavra “ansiedade”, Etimologicamente, a palavra ansiedade provém do termo grego anshein, que significa “estrangular, sufocar, oprimir (GRAEFF,1990).ânsia, jogar pra fora, vomitar o que o deixa enjoado.
O caminho somado a ansiedade é igual a derrota.

“Vontade pura, desaliviada da ânsia de resultado, é de todo perfeita.”
Aleister Crowley

Mas como se livrar e se curar da ansiedade?

Sim, ansiedade tem cura, e muita das vezes é confundida com os poderes inerentes ao ser do buscador.

Procurar ajuda psicológica e psiquiátrica é sim um método eficaz para se manter controle, Ásana e Pranayama sossega a mente do turbilhão mundano.

Viver o caminho da Astrum Argentum, não é ansiar por vencer o grau e subir de grau, mas sim viver o grau.

Assim é o caminho que te leva ao seu destino (SAG), vivenciando cada fase, sem ânsia de vencer ou de subir de grau.

O caminho na verdade é a própria Astrum Argentum, o destino, suas consecuções.

Observe dentro de si a ansiedade e busque ajuda, pois quando observares o caminho verás que neste caminho alem de espinhos e pedras, há flores, pássaros cantando, o sol que te esquenta, a brisa que te acalenta. Desligue-se do modo Maçonaria (no que tange ao pegar graus sem as vezes nem vivenciar o mesmo).
Faça e construa dentro de si um sentimento de sagrado com o seu caminho e quando você menos esperar estará em seu destino.

O destino que chegarás um dia é fruto do caminho que te levou a ele.

Amor é Lei! Amor sob Vontade!
93!93,93/93!

6 Curtidas

Que sincronicidade absurda…

Grato pelo post, Frater!

1 Curtida