Ordo Templi Orientis Antiqua

Pessoal, andei dando uma pesquisada e tive dificuldade pra encontrar informações não confusas sobre a O.T.O.A. (Ordo Templi Orientis Antiqua). Alguém que goste e manje desse lance de história e cronologia de ordens mágicas saberia me dizer de maneira sucinta se a O.T.O.A. era pra ser uma vertente dissidente da O.T.O que não abraça a Lei de Thelema? E se era pra ser isso, como e quando uma Ordem paramaçônica de origem germânica se transformou em uma Ordem cujo pano de fundo hoje é o que se está chamando de “Voodoo Gnóstico” (ou qualquer coisa assim)?

A OTOA é uma entidade que surgiu do trabalho da Choronzon Club

A Choronzonn Club era uma Ordem Mágica em Chicago muito frequentada pelo público gay da região de illienois, ela foi fundada pelo Russel, discipulo dissidente da Grande Besta666. Ele e o adepto se desentenderam em Céfalu e na sua volta para chicago fundou esta ordem com os dizeres “Iniciação rápida”
O trabalho da Choronzon Club é muuuuito sui generis e não é o foco da questão mas é importante ressaltar que ela segue, de sua forma bastante única, e bota única nisso, os pontos cruciais da A.’.A.’.

Pelo menos um dos fundadores da OTOa fez parte do CC sendo aluno de Russel. Não sei precisar até quando esse contato perdurou e quanto os membros adentraram nos mistérios deste Clube

Na década futura um grupo de estudantes fazia um estudo que misturava mesa branca com arte gráfica… aí entra a parte que não temos precisão e por isso vou me utilizar da história contada
Esse grupo de estudantes conheceu um cara chamado Jean Maine que era praticante de Voodoo e introduziu essa pratica/religião/misticismo para eles.
Eles começaram a fazer uma prática mista de mesa branca espirita, Voodoo, e desenhos surrealistas. Eventualmente esse grupo foi pro Haiti fazer iniciação no Voodoo.
(Explicando o Haiti)
A historia do Haiti pré revolução é bastante peculiar, vc tinha a Santa Sé como grande religião e era tocada pelos grandes fazendeiros franceses, os franceses pobres sans cullote do haiti eram próximos do trabalho de loja maçônica e de ritos franceses (moderno, e memphis mizarin), os negros e pardos livres tinham uma espécie de umbanda local muuuito enraizada num cristianismo mais fundamentalista misturado com animismo e os negros escravizados o Voodoo mais tradicional.
após a revolução houve diversos sincretismos e aglutinações tanto no cristianismo da ilha quanto no Voodoo. Algumas imagens do deuses tem nomes e dizeres maçônicos por exemplo
Então essa galera que foi pro Haiti somou 1+2 e criou um sistema que trazia o sistema Maçônico com o sistema Voodoo, e criaram o mito fundador de que havia uma loja initerrupta na ilha. porém como todo colonizador ocidental eles adaptaram pros ensinamentos e visão de mundo que já havia sido constituido pelo por diversos trabalhos anteriores da ida pro Haiti
E toda essa formação veio na época de thelema que chamamos de Interregnum, quando não havia uma figura de destaque na AA (que vamo combinar o Frater Saturnus não era muito feliz em ser porta voz) e especialmente na OTO.
Nessa época surgiu diversas potências que seguiam o trabalho da OTO, uns usando no nome de OTO mesmo, outros usando nomes parecidos (como a tiphonian OTO, a OTA, a sOTO etc…) e todas se diziam ter legitimidade e ser a principal.
O Bertiaux é o grande expoente da OTOA e eu particularmente acho o trabalho dele brilhante, porém dos mistérios da OTO e sobre thelema “old school” pouco restou inclusive o número de graus e os pontos de virada do trabalho
O termo Voodoo Gnóstíco era um termo usado dentro da ordem para separar o trabalho mais hermetista e de viagem astral, do trabalho mais tradicional do voodoo, especialmente no sacrificio animal.
Por uma sorte do destino, o bertiaux deu alguns workshops sobre os Hoodoos da sorte, algum aluno pegou todos as apostilas e começou a vender por uma editora clandestina mas sem perceber que a caixa postal do final do livro era do Bertiaux e não o dele. assim muitas pessoas entraram em contato com o Bertiaux e a OTOA, porém o Voodoo Gnostico ganhou mais fama do que o trabalho iniciatico promovido por ele.
Hoje a OTOA tem um grupo coeso de chefes, um deles mora no Brasil, e o Bertiaux toca outros projetos por aí

Espero ter sido claro e não muito prolixo na minha resposta
93/93

1 Curtida

Cara, muito legal, ajudou demais! Foi um caminho muito mais complexo do que eu poderia imaginar… Valeu mesmo por responder! 93!

uma nota a mais
O Bertiaux e o Grant eram camaradas (um pouco mais que um conhecido um pouco menos que um amigo?)
os dois se influenciaram bastante se eu não me engano a partir da 2a trilogia e no caso do bertiaux no final do livro do GVW

1 Curtida