paulo coelho

Que aconteceu com o grande escritor paulo coelho com relaçao a oto ou thelema?

sds

ricardo

Não especificamente quanto à O.T.O., mas ele abandonou a A.·.A.·. após associar a Santa Ordem com tudo de "ruim" que estava acontecendo com ele na época (a prisão, etc.). A experiência, segundo ele, pode ser lida no livro As Valkírias. A versão da O.T.O. se não me engano ainda estava no papel, e seria um novo ramo formado por Marcelo Ramos Motta.

Do meu ponto de vista, ele simplesmente sucumbiu às ordálias e caiu fora.

Por curiosidade, o juramento de Paulo Coelho sob Euclydes Lacerda de Almeida:

http://astrumargentum.org/arquivos/ht/imagens_ht/doc_thor7.jpg

E um excelente texto de Carlos Raposo sobre Raul Seixas, Paulo Coelho e o meio thelêmico:

http://www.artemagicka.com/artigos/raul.htm

1 Curtida

A Verdade é que o Paulo Coelho abandonou as Ordens Thelemicas. Mas nunca abandonou o Thelema em si. Toda a sua obra literária está embalada na magia que aprendeu em sua época de thelemita. Por exemplo, podemos associar o termo largamente usado pelo mesmo “Lenda Pessoal” como sendo a Verdadeira Vontade. Todos os seus livros possuem 11 capítulos. No Diário de uma Mago existe 11 práticas de RAM. E assim se segue. Sabemos o que o 11 represente em Thelema. A Verdade é que o Paulo mesmo sendo um “desertor” jamais deixou de ser um Probacionista na A.’.A.’. . Uma vez que o juramento é levado a sério, não se pode simplesmente abandonar o caminho.
E ele não abandonou, deu a sua visão do que é Thelema, dentro é claro, de sua visão e forte formação católica, também influenciando por sua esposa. O que ele fez foi realizar a sua Vontade. E nesse sentido continua sendo um Thelemita, talvez o que mais divulgou o Thelema as massas, porém de forma velada, sempre negando seu envolvimento.

2 Curtidas

Eu conheço profundamente a Ordem de R.A.M e posso afirmar que ela existe, mas a muito tempo não tem ligações com a Igreja católica. A Ordem teve este contato apenas nos seus primórdios, nos anos de sua fundação.
O que posso dizer é que existe uma parte “inventada” e outra parte real no que se refere a Ordem. E o Paulo soube muito bem velar e confundir as coisas em seus livros, principalmente no Diário de um Mago.
Eu conheço pessoalmente antigos discipulos do PC, uma delas é grande amiga minha de longa data.
Para responder a sua pergunta, RAM é uma Ordem de Ordalios, de caráter puramente espiritual, onde só se avança na medida que se dá o próximo passo.

1 Curtida